Animais

Como ensinar um papagaio a falar

Pin
Send
Share
Send
Send


Se você possui um papagaio, saberá que todo mundo tem sua própria personalidade. Alguns, também dependendo de suas espécies, têm maior probabilidade de falar do que outros. A idade e o passado do animal também podem influenciar. Ele papagaio cinza africano espécies da Amazônia, como frentiazul Eles são muito bons oradores. Mas não se preocupe, se seu amigo animal é um arara ou uma cacatua, você também pode ensiná-lo a falar.

Estabelecer um relacionamento próximo com seu papagaio e muita paciência são as chaves para recebê-lo todos os dias quando chegar em casa com um "Olá".

Neste artigo Animal Expert, mostraremos alguns dicas para ensinar seu papagaio a falar, você verá como em questão de meses entre os dois você obtém:

Seja seu amigo

A primeira coisa que você precisa estabelecer é uma boa relação com ele. Alguns pássaros, quando chegam a uma casa nova, ficam muito estressados, é possível que toda vez que você se aproxima da gaiola, ele vai para o canto oposto. Isso é normal Dê seu espaço nos primeiros dias.

Defina alguns condições básicas para o:

  • A gaiola deve ter o tamanho apropriado e ter todo o necessário.
  • Eles adoram luz e calor, colocá-lo em um local apropriado.
  • Não o deixe sozinho, ele deve viver com a família. Ouvi-los falar e ver você se aproximar ajudará você a se integrar.
  • Use guloseimas para pássaros e pedaços de frutas para ganhar sua confiança.

Ao longo das semanas, você pode interagir mais com ele e tirá-lo da jaula

Como ensiná-lo a falar

Abaixo detalhamos alguns truques que você pode usar se quiser ensinar seu papagaio a falar, mas eles são apenas conselhos, não existe um método exato:

  • Associe momentos do dia às palavras: Toda vez que você entrar na casa, diga "Olá", ao sair de manhã, diga "adeus". Você pode variar as palavras que usa: "Adeus lorito", "Olá bonitão" "Trabalhar". Use o que quiser, o importante é repeti-lo na mesma situação, sempre para associar esse momento a essa palavra.
  • Faça sessões com ele: Passe alguns minutos por dia conversando com o papagaio. Você pode fazer isso em sessões de 10 a 15 minutos para que nem você nem ele fiquem entediados. Essas sessões consistem principalmente em palavras repetidas, comece com palavras únicas. No começo, ele não responde, mas tem paciência. Conforme você aprende, pode ensinar frases e músicas.
  • Mostre-lhe os frutos: Quando você der um pedaço de fruta para ele, diga "Banana", "Pêra", o que for. Quando você começar a dizer qualquer uma dessas palavras, recompense com a mesma fruta. Associe gradualmente a palavra. Você pode incorporar "Dê-me pêra", "Que delícia", "Quero banana".
  • Evite palavras que você não quer que eu repita: Pode parecer bobagem, mas em muitas ocasiões os papagaios captam palavras que não lhes ensinamos. De repente, você pode dizer "Anúncios de merda" ou palavrões que ouviu ao longo do dia. Isso ocorre porque há certas frases ou palavras que dizemos em um tom diferente, com mais entusiasmo e, quando começam a falar e dizem "Cabrón", a reação natural é rir e tentar dizê-lo novamente.
  • Fale muito com ele: Enquanto estiver em casa, converse com ele sempre que puder. Cante músicas ou conte-lhe coisas. Gradualmente, ele responderá com palavras que ele já conhece. Aproveite os momentos faladores para ensinar frases curtas.
  • Experimente tons diferentes ao repetir palavras.

Base para ensinar um papagaio a falar

Papagaios são animais muito sociáveis ​​que gostam de imitar os seres humanos para fortalecer ainda mais o relacionamento com eles. Ensiná-los a falar não é complicado, mas deve ser cuidadoso e constante.

Ensine seu papagaio a falar seguindo as etapas abaixo:

1. Comece mostrando o nome dele: Para fazer isso, você deve escolher uma que seja fácil e que não tenha mais de 2 sílabas, se possível. Você terá que repeti-lo toda vez que se voltar para ele. Diga Olá para o seu animal e repita o nome dele assim: "Oi Hugo".

2. Assista as distrações do processo: se você quiser ensinar um papagaio a falar Você precisa impedir que seu animal seja distraído. Portanto, a sala deve ficar quieta, sem cães, gatos ou crianças gritando, principalmente se você quiser ensinar frases.

3. Repetição e prêmio: para que haja um bom aprendizado, você terá que ir aos poucos, ou seja, você deve primeiro ensinar uma palavra e, quando o papagaio aprender, poderá continuar com a próxima. Claramente, quando você diz a palavra, deve repeti-la várias vezes, tendo o cuidado de ter a mesma entonação. Toda vez que você repetir, não hesite em dar um pequeno prêmio.

4. Duração da sessão: Não podemos fingir que o papagaio aprende da noite para o dia. Devemos evitar esgotar o papagaio. É por isso que as sessões não devem exceder 15 minutos. Você pode ter várias sessões diárias (uma de manhã, uma ao meio-dia e outra à tarde), mas elas não devem exceder esse tempo.

5. Não confunda seu papagaio: como dissemos antes, você deve ir lentamente para ensinar um papagaio a falar. Por esse motivo, para evitar confundi-lo, primeiro ensine uma palavra e, quando estiver claro, passe para a próxima.

6. Prêmios: pode ser físico ou motivacional. Quando o papagaio diz a palavra que ensinamos, você pode dar um alimento que você gosta muito. Se, em vez disso, você repetir uma palavra que não é a que estamos trabalhando naquele momento, você deve reforçá-la apenas com palavras positivas como "muito bom".

7. Repetição: Para que o papagaio internalize o aprendizado, lembre-o todos os dias das palavras que aprendeu, nomeando-as e esperando que ele as diga.

Dicas finais para ensinar um papagaio a falar

Lembre-se de que os papagaios, além de ter uma capacidade invejável de imitar palavras, também são excelentes apitos de imitação. Portanto, não hesite em ensinar-lhe uma melodia.

Caso o animal imite sons que você não deseja, como palavrões ou sons do telefone, você pode ajudar a eliminar ou diminuir esse comportamento ignorando-o.

Finalmente, e se você tiver dois ou mais papagaios, lembre-se de que o ensino de cada um deve ser individual.

Como ensinar um papagaio a falar é uma dica para Birds, e fala sobre treinamento.

1 - Descubra a que espécies pertence o seu animal de estimação

Nem todas as espécies de papagaios têm as mesmas capacidades. Entre os papagaios mais faladores, encontramos o papagaio cinza africano, o papagaio estético da Amazônia, a cacatua e a cacatua ninfa.

Aves menores, incluindo periquitos, papagaios e periquitos, podem aprender com tempo e paciência, mas eles não são falantes naturais. A inteligência natural desses animais lhes permitirá entender palavras e, às vezes, frases.

2 - Comece com palavras simples

Independentemente do tipo de espécie que você escolheu levar para casa, todo o treinamento começa com etapas simples. Para ensinar seu papagaio a falar, comece por palavras básicas como "olá", "tchau" ou "papagaio". Depois de se familiarizar com eles, você pode expandir o vocabulário do seu animal de estimação até conseguir uma música para cantar.

3 - A chave está na repetição

Os pássaros aprendem novos sons por imitação. Para conhecer perfeitamente o som característico de suas palavras, é essencial que você as repita repetidamente na presença dele até que seu papagaio aprenda a distingui-los e, posteriormente, reproduzi-los.

Papagaios que vivem em casas acabam se acostumando aos sons do dia a dia, como o da campainha ou até o do microondas, e eles acabam tocando com o tempo. Esta é uma das principais habilidades do papagaio cinza africano.

4 - Fale claramente

Para ensinar seu papagaio a falar, é muito importante vocalizar toda vez que você se volta para ele. Não é suficiente ter uma conversa despreocupada em um volume normal: o proprietário deve usar o mesmo tom e a mesma cadência toda vez que você tenta ensinar novas palavras ao seu papagaio. Está provado que os pássaros, semelhantes a cães ou gatos, aprendem melhor quando são falados em voz aguda, pois permitem imitar melhor os sons.

5 - Não economize em prêmios

A técnica de reforço positivo não funciona apenas com cães e gatos. Sempre que seu animal de estimação reproduzir corretamente uma palavra, tente ter um prêmio em mãos, como um lanche ou um petisco, para encorajá-lo a continuar progredindo.

Você pode começar dando o prêmio assim que pronunciar a palavra e, quando o papagaio reproduz o mesmo som, emitindo outro. Dessa forma, você pode começar a associar essa atividade a algo agradável. Quanto mais você pratica, mais o som emitido para a palavra em questão será exibido. O principal é ser paciente.

Antes de tudo, aceite que existem certos pássaros mais avançados que outros, e que nem todos os dias serão os progressos que você gostaria de fazer, por muitos prêmios que receberem. Como em qualquer relacionamento, é essencial aceitar que os animais tenham seus limites e que, como proprietário, é sua responsabilidade garantir que eles sejam saudáveis ​​e seguros.

Constância e paciência

Não há tempo estimado para ensinar um papagaio a falar. Alguns meses depois aprenderão algumas palavras e outros precisarão de mais tempo. Paciência e perseverança são essenciais para que seu papagaio se torne um adorável conversador.

É essencial que não fique frustrado e deixe o processo. As sessões com ele devem ser frequentes, mas seu papagaio é seu parceiro por muitos anos; portanto, seja paciente. O importante é estabelecer uma boa conexão com ele e ensiná-lo pouco a pouco, sem pressão.

Faça críticas com ele, de tempos em tempos, lembrá-lo de palavras que ele já conhece. É importante que você continue usando-os e não os esqueça.

Nunca grite com ele ou use violência com ele, é completamente contraproducente.

Vídeo: Como ensinar Papagaio falar (Outubro 2020).

Pin
Send
Share
Send
Send