Animais

Como educar meu gato surdo

Pin
Send
Share
Send
Send


Os gatos são animais domésticos muito independentes, tanto que, em muitas ocasiões, seu instinto os leva a não nos atender, mas isso não implica que eles tenham problemas de audição.

No entanto, os gatos também são suscetíveis à surdez e, embora seja uma deficiência, também é perfeitamente compatível com uma boa qualidade de vida.

Se você deseja cuidar do seu gato da melhor maneira possível, neste artigo Animal Expert, mostraremos qual é a cuidado de um gato surdo.

Surdez em gatos

Se o gato sofre de surdez congênita, isto é, desde o nascimento, é devido ao gene do alelo W, que atua como gene dominante em gatos com pelo completamente branco e isso também se refere à cor dos olhos azuis. No entanto, isso não implica que todos os gatos brancos com olhos azuis sofram de surdez. A surdez também pode ser causada por infecção no ouvido, corpo estranho alojado na cavidade auditiva ou degeneração da velhice.

Saber se um gato é surdo e determinar o grau de surdez não é fácil, portanto, É importante ir ao veterinário já que somente ele determinará com certeza o status auditivo de nosso animal de estimação.

Comunique-se com um gato surdo

O gato surdo também precisa de toda a nossa atenção e presença, e nós, como bons donos, devemos continue se comunicando com ele, mas obviamente não podemos mais fazê-lo verbalmente. É necessário então iniciar uma comunicação através de gestos e ensinar as ordens básicas através deles.

Isso pode parecer complexo no começo, mas não é tanto, apenas repita o mesmo gesto (breve e claro) nas mesmas situações. Quando tivermos a oportunidade de repetir um gesto várias vezes, observaremos que nosso animal de estimação o entende sem nenhuma dificuldade.

Outro aspecto importante na comunicação não-verbal é a expressão facialMesmo que seu gato não possa ouvi-lo, você deve falar com ele em um tom firme e garantir que ele possa ver seu rosto. Com o tempo, seu gato interpretará perfeitamente o que você quer dizer quando sorri e também que fica com raiva quando franze a testa.

A importância da vibração para um gato surdo

Se o seu gato não ouvir, como você o chamará pelo nome dele e esperará que ele atenda? Não adianta gritar, porque na verdade isso pode acabar causando distúrbios no comportamento do seu gato.

Uma boa maneira de atender sua ligação é entrar na casa pisando no chão, isso causará uma vibração perfeitamente perceptível por seu gato, que avisará que você está reivindicando a presença dele.

Se isso não for útil e o gato tiver um comportamento muito alterado devido à perda auditiva, podemos usar colares vibrantes que emitem vibrações pequenas e inofensivas ao seu gato.

Tome cuidado com o exterior

Para um gato que retém completamente suas habilidades e sentidos, o exterior ainda é um lugar que envolve perigos e riscos, ainda mais quando estamos diante de um gato surdo.

A perda auditiva torna o ambiente um ambiente externo muito perigoso para o nosso gato, portanto, é uma prioridade mantermos as saídas para o exterior fechadas e cuidar para que ele não possa escapar. Obviamente, dentro de nossa casa, devemos oferecer um ambiente ideal que não dê origem a tédio ou estresse.

No entanto, se você quiser deixá-lo desfrutar do contato com a natureza, aconselhamos que ensine seu gato a andar com uma trela para oferecer uma boa experiência sem nenhum risco.

Ligue os enviados>

Um gato surdo mostra maior desenvolvimento no sentidos da visão e do olfatoe, obviamente, deveríamos tirar proveito desse fato:

  • Brinque com seu gato através da estimulação visual, por exemplo, usando brinquedos de cores vivas. Descubra no ExpertAnimal 8 jogos para gatos para inspirá-lo. Jogos de inteligência como o kong são muito recomendados para estimulá-lo mentalmente.
  • Também recomendamos que você sempre use o mesmo perfume ou colôniaDessa forma, seu gato reconhecerá seu cheiro perfeitamente em todos os lugares da casa onde você esteve.

8 chaves na educação de um gato surdo

Uma das coisas a evitar se tivermos um gato surdo é, por exemplo, que Este sai sozinho para a rua. E é que a vida fora de casa está cheia de perigos que podem afetar seriamente o gato que não tem o sentido de ouvir.

Ao estabelecer uma comunicação fluida com nosso animal surdo, o mais importante é que os gestos que usamos para abordá-lo são sempre os mesmos. Dessa maneira, o animal se acostumará a certos gestos da linguagem corporal e poderá entender todas as mensagens que lhe transmitimos.

Gatos surdos são muito gratos por avisá-los de nossa presença, pois, caso contrário, podem sofrer grandes sustos por não serem capazes de nos ouvir. Muitos donos de gatos surdos recorrem à técnica da luz que não é nem mais nem menos do que acenda e apague a luz várias vezes, para notificar seu animal de estimação de que ele está lá.

Outros, no entanto, preferem atingir o chão para que o animal surdo possa detectar a vibração e perceber que seus donos chegaram em casa.

Embora os gatos surdos não apreciem o sentido da visão, eles geralmente têm um olfato e a visão muito desenvolvidos, precisamente porque, por serem incapazes de ouvir, dedicam todo o seu esforço ao desenvolvimento desses dois sentidos.

Por esse motivo, quando você brinca com seu gato surdo, pode faça uso de algum brinquedo ou objeto que leve luz, como uma lanterna ou um ponteiro laser, e incentive você a perseguir a luz onde quer que a veja.

Também é recomendável que os donos de gatos surdos tente sempre usar o mesmo perfume ou os mesmos sabonetes e cremes para o corpo, para que o animal consiga ter seu cheiro perfeitamente identificado.

Como não podemos obviamente chamar um gato surdo para o almoço, a coisa mais inteligente que podemos fazer é aproxime-o com o recipiente de comida e mostre-o nos perseguir para o lugar onde queremos colocá-lo.

Gatos surdos também gostam de receber batendo na coluna ou pescoço ocasionalmente, como um sinal de que estamos perto deles e que eles têm nosso apoio e empresa incondicionais.

Portanto, os veterinários também recomendam que os gatos surdos recebe mais carícias e abraços do que gatos que podem ouvir normalmente, pois é uma maneira de impedir que eles se isolem em seu mundo silencioso.

Quando sabemos que nosso gato é surdo e temos um diagnóstico confirmado, é importante que deixe o resto da família saber também, bem como amigos ou visitantes que visitam nossa casa, pois esse aviso pode evitar acidentes inesperados com nosso animal de estimação.

Empresa e carinho

Todos os gatos precisam do nosso amor e tempo, mas especialmente um gato surdo, que deve se sentir amado fundamentalmente através do toque, portanto, as carícias são uma parte essencial no cuidado do gato surdo. Devemos acariciar nosso gato diariamente, até soprar um pouco para que ele alcance a vibração e a interprete como um gesto de carinho. Escovar o cabelo diariamente pode ser uma grande ajuda para fazer você se sentir confortável e amado.

Também podemos contemplar que você tem a companhia de outro animal de estimação, mas neste caso, devemos trabalhar muito para conseguir uma coexistência adequada, pois, no caso de não nos darmos bem, isso seria um fator estressante para o gato.

Se você quiser ler mais artigos semelhantes a Cuidando de um gato surdo, recomendamos que você entre na seção Cuidado Extra.

Vídeo: Como é ter uma GATA SURDA? Deco e Bina (Outubro 2020).

Pin
Send
Share
Send
Send