Animais

Adote um cão cego: manual de instruções

Pin
Send
Share
Send
Send


Manter a casa arrumada, usar sinais sonoros e dar confiança são algumas das chaves para tornar a adoção de um cão cego um sucesso.

  • Autor: Por EVA SAN MARTÍN
  • Data de publicação: 29 de maio de 2012

Acolher um animal cego requer levar em consideração uma atenção especial. Adotar um cachorro é uma responsabilidade, não um capricho. Devemos tornar a chegada de nosso amigo cego o mais agradável possível. Para fazer isso, você deve: mantenha a casa arrumada, dê confiança ao cão através do cheiro e prenda um objeto sonoro ao sapato durante as primeiras semanas.

Pequenas mudanças em casa para se adaptar ao animal cego

Todo cachorro, como toda pessoa, é especial. Por esse motivo, acolher um cão cego precisa fazer algumas alterações em casa, para que nosso amigo se sinta à vontade. De certa forma, é comparável a ter um bebê: a casa deve se adaptar às peculiaridade do cão, como combina com crianças.

Nos lares onde a desordem reina, o animal cego tropeça repetidamente com os objetos que estão no chão, por isso é conveniente ter a casa em ordem. Além disso, o mudanças na decoração ou mudar a posição dos móveis pode ser um problema. Isso explica por que é importante não fazer alterações notáveis ​​no arranjo dos móveis, pelo menos enquanto o cão se adapta à sua nova casa.

Dê ao cão confiança através do cheiro

Deixar uma trilha sonora de nossos passos durante as primeiras semanas ajudará o animal a ser localizado

Uma alternativa interessante para fazer com que nosso animal cego se sinta mais confortável quando chegar em casa é oferecer, durante nossa visita ao centro de adoção, um objeto pessoal Com o nosso cheiro. Pode valer a pena uma camisa usada no dia anterior.

O sentido do olfato é essencial para a maioria dos cães, mas especialmente para uma cachorro cego: Reconhecer nosso cheiro quando você mora em casa ajuda a se sentir mais confiante.

Guie o cão cego pelo som

Outra prática para ajudar o cão a se sentir mais confortável em casa é amarrar um objeto de som (um chocalho) com uma corda no sapato ou na perna. Nosso cão perceberá claramente quando nos aproximarmos e ajudá-lo a nos detectar.

Deixar uma trilha sonora dos nossos passos durante as primeiras semanas também tornará mais fácil para o animal estar melhor colocado e nos reconhecer. Em geral, isso também fortalece o relacionamento com nosso novo amigo.

Finalmente, a palavra é uma das chaves para o cachorro cego Acostume-se a nós. Não pare de falar com ele e dizer palavras gentis. Em pouco tempo, seu cão cego adotado se tornará um amigo inseparável.

Adote um cão cego: ajude em abrigos>

Adotar um cão cego pode ser um belo desafio para os amantes de cães

Adotar um cão cego pode ser um belo desafio para os amantes de cães. Além disso, quem faz isso não está sozinho. Quando você decide adotar um cão cego, geralmente recebe a ajuda de veterinários, treinadores e psicólogos caninos Eles trabalham em abrigos de animais. Estes podem aconselhar em detalhes sobre a deficiência do cão: como agir e como tratá-lo. No entanto, o trabalho dos treinadores e veterinários desses centros nem sempre termina aqui. Os adotantes podem contar com eles para mais consultas.

Apesar de tudo, antes adote um cachorro, com ou sem deficiência, há certas perguntas que devem ser feitas. É aconselhável responder honestamente a perguntas como as seguintes: por que eu quero ter um cachorro? Tenho tempo para compartilhar com um animal? Tenho dinheiro para cobrir suas necessidades? Estes são alguns dos perguntas O que deve ser feito por qualquer pessoa antes de receber um animal.

Para adotar um cão com deficiência (também conhecido como adoção especial), também é aconselhável obter conselhos detalhados sobre as limitações do animal. Não é o mesmo optar por um cão com surdez (que exigirá treinamento especial para se comportar com o proprietário sem usar os sons), do que escolher um animal cego.

Dê uma chance ao cachorro cego

O adotante deve saber que, ao acolher um cão cego, ele oferece uma oportunidade a um animal com menor probabilidade do que outros de encontrar um lar onde o amem e tratá-lo com o amor que ele merece.

De qualquer forma, ao considerar hospedar um cachorro cego, deve-se ter em mente que a cegueira não implica que ele seja incapaz de amar. Antes pelo contrário. Um cão com essa deficiência pode se tornar um companheiro fiel Com quem compartilhar inúmeras aventuras e experiências, dentro e fora de casa.

Adotar um cão cego pode ser um belo desafio para os amantes de cães. O adotante deve saber que isso dá a oportunidade a um animal com menor probabilidade de encontrar um lar onde o queira, como ele merece.

É importante não fazer alterações significativas no arranjo de móveis em casa, pelo menos, enquanto o animal cego se adapta à sua nova casa.

Uma alternativa interessante para fazer com que nosso animal cego se sinta mais confortável quando chega em casa é oferecer, durante nossa visita ao centro de adoção, um objeto pessoal com o nosso cheiro.

Amarrar um objeto sonoro (um chocalho) com uma corda no sapato ou na perna também ajuda o cão a se sentir melhor.

Pin
Send
Share
Send
Send